segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Livro: A Rainha do Castelo de Ar [Stieg Larsson]

Terceiro e último livro da Trilogia Millenium, o livro A Rainha do Castelo de Ar é tão ou mais surpreendente que os dois anteriores. Quase 700 páginas de pura adrenalina. Eu não consegui desgrudar do livro nos últimos dias. Teve um dia que li 100 páginas de uma só vez, sem parada.

Lisbeth Salander, que no primeiro livro aparece como coadjuvante, passa a ser a personagem principal a partir do segundo livro, numa trama que envolve violência, espionagem, crimes e muito mistério.

Nesse livro a jovem tatuada é acusada de três assassinatos brutais e o mais fácil seria incriminá-la. Seria melhor para o "sistema". Porém, por trás desses crimes, há muito mais. A Seção precisava limpar a sujeira. Quem é a Seção e que sujeira? Lisbeth ainda se recupera da tentativa de assassinato de seu pai, após ter levado um tiro na cabeça e outro no quadril, e ser enterrada viva. Provar sua inocência passa a ser uma questão de vida ou morte. Outras tramas se desenrolam e faz dessa trilogia um dos melhores romances policiais que já li na vida.

Diria que Larsson está agora no mesmo patamar de Jeffrey Deaver, meu favorito. Uma pena que não teremos outros livros desse brilhante autor sueco, que logo após a entrega dos três livros, sofreu um ataque cardíaco e faleceu aos 50 anos.

­
Postar um comentário