sábado, 31 de dezembro de 2011

Retrô 2011

Puxa, o que foi 2011? Já foi? Nossa, parece que o ano foi mais curto que os habituais 365 dias. O tempo simplesmente voou. Muita informação, muita correria, tudo para ontem... e assim o tempo passou e a sensação é que não vivi um ano. Será?

Definitivamente 2011 não foi um ano fácil. Alegrias e tristezas; saúde e doenças; vida e morte. E assim completo mais um ano: com saúde e muita história para contar.

Se eu for resumir o que foi 2011 para mim... O pior é que não tenho mais aquela memória de elefante que não me fazia esquecer nada. Bons tempos aqueles que eu guardava toda a lição de casa na memória, não usava agenda para anotá-las.

Janeiro: ufa, enfim férias! Fui conhecer a capital sergipana, Aracaju. Uma beleza de cidade, vale a pena conhecer.
Fevereiro: meu avô cai muito doente; os preparativos para Londres 2012 começam
Março: viagem de carnaval para Ilha Bela com amigos muito queridos; nascimento de um bebê muito esperado (não meu, de uma amiga querida); mudanças profissionais; morte do meu avô.
Abril: show do U2; novos desafios profissionais (e que desafios!); dou início à minha segunda pós-graduação; não vou ao show do Roxette.
Maio: show do RPM, um dos piores que assisti, senti vergonha alheia. Rs...
Junho: comemorei um dia dos namorados depois de muitos anos celebrando o "dia dos solteiros"; meus primeiros ingressos para Londres 2012 estão garantidos.
Julho: show do Mr. Big, simplesmente adoro, curti cada minuto do retorno da banda depois de quase 10 anos de "férias", presentão do namorado; show do Jota Quest em comemoração aos 15 anos de carreira: ou nós estamos ficando velhos ou o show foi chatinho, tanto que não aguentamos até o fim.
Agosto: ...

Setembro: casamento do meu primo após 10 anos de "enrolação"; comemoro meus 31 anos com minha mãe, avó e namorado em Buenos Aires; choro e festa surpresa feita pelo namorado; depois comemoro com pizza e amigos queridos; passagem aérea garantida para Londres 2012.
Outubro: o tão esperando show do Eric Clapton; hotel reservado em Londres
Novembro: há 1 ano atrás, em São Luiz (Maranhão), fui pedida em namoro; fomos a Aparecida do Norte agradecer por todas as conquistas desse ano.
Dezembro: 14 livros lidos em um ano, e outros dois em andamento; reencontro com os amigos do colégio; muito trabalho, cansaço e alegria compartilhada de que o esforço valeu a pena; Natal com a família, muitas risadas para esquecer as dificuldades e pensar só no hoje, amanhã a gente vê como é que fica...

Bem... O amanhã já é hoje e hoje é dia 31, o último dia de 2011!

O que eu tenho a dizer sobre 2011? Um pedido de agradecimento. Apesar dos pesares, o ano foi positivo e agradeço por aqueles que me rodeiam, família e amigos, que são minha estrutura; agradeço aos colegas de trabalho que compartilharam conhecimento e experiências; agradeço por ter saúde e capacidades para ir atrás dos meus sonhos; agradeço pelas conquistas profissionais e pessoais. Agradeço a todos que passaram ou continuam passando pela minha vida, tudo na vida há uma razão de ser.

O que eu desejo para 2012? Mais saúde, para mim, familiares e amigos. Não adianta conquistar nada se não tiver saúde para disfrutar. Desejo que meu tio siga forte, lute e vença o câncer.

O que eu quero em 2012? Eu quero e vou voltar a correr com o entusiasmo de outrora; eu quero e vou encontrar a disposição para cuidar de mim; eu quero e vou emagrecer; eu quero e vou me sentir melhor comigo mesma; eu quero e vou curtir meu 3o Jogos Olímpicos em Londres; eu quero e vou conseguir conquistar tudo aquilo que estiver escrito. Maktub.

­
Postar um comentário