quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Livro: Em chamas [Suzanne Collins]

Katniss e Peeta vivem o ano seguinte à vitória dos Jogos Vorazes numa nova casa, vivendo uma nova vida. Ricos e famosos. Seu trabalho é visitar os demais distritos em campanha pelos Jogos. Contudo, passam também a sofrer represálias da Capital por terem incitado a "revolução", afinal de contas a sobrevivência dos dois foi encarado como uma afronta ao poder central e deu esperanças a um povo cansado do braço forte da Capital.

O inimaginável acontece. O ano seguinte à vitória completa 75 anos dos Jogos Vorazes. A cada 25 anos é promovido o Massacre Quaternário, uma versão ainda pior e degradante dos Jogos Vorazes. Para assustar e intimidar a população de Panem. A decisão dos Idealizadores dos Jogos é fazer um recall: levar à arena os vencedores dos Jogos Vorazes anteriores, um casal por distrito.

E assim Katniss e Peeta voltam à arena onde o que sabe é que só um sobreviverá. Há um acordo entre Katniss e Haymitch: Peeta deve sair vivo. Na arena novas ameaças surgem, alianças são feitas numa tentativa de sobrevivência, de manter Katniss e Peeta vivos. Por quê?

O segundo livro traz a conspiração dentro e contra o poder.

É uma leitura leve, rápida, mas sem grandes emoções. Bem juvenil, água com açucar. É uma história interessante, mas a volta à arena não traz nada muito diferente do que já se conhecia do primeiro livro. Apesar de ser sob outras circunstâncias o enredo não traz grandes reviravoltas. Não digo que você adivinha o que virá no próximo capítulo, mas não se surpreende com o que vem em seguida.

Agora vamos para o terceiro e derradeiro livro!
Postar um comentário