domingo, 21 de novembro de 2004

Será???

Sábado à noite, voltando pra casa, dirigindo depois das 23hs, pensei "Tô com saudades dele". Quem ele é? Sentimento que me preocupa... Será que estou gostando dele?

São 6 anos de diferença entre nós. Eu sou 6 anos mais velha que ele, ou seja, ele tem somente 18 aninhos. Mas sua inteligência e maturidade pra um garoto dessa idade, fora seu jeitinho desastrado - como ele mesmo diz é seu charme, me encantam. As coisas estão acontecendo muito natural e eu sinto que ele também está soltando um pouco sua timidez, e tá mais carinhoso comigo.

Me preocupa esse sentimento que pode ser recíproco. Me preocupa porque ele é novo, prestando vestibular, começando a vida adulta, e eu já tenho algumas vivências e busco algumas coisas que não sei se ele vai entender e querer também. E não só isso: tenho medo de magoá-lo. Tenho uma pendência em minha vida que já dura 1 ano. Tudo bem que eu já estou mais pra lá do que pra cá nessa situação, mas não sei houver uma decisão que seja favorável a mim se eu largaria o que tenho hoje pra viver isso.

Há algo nele que me atrai. Nos conhecemos por acaso e essa amizade vem se estreitando nos últimos tempos. Outro dia vivemos juntos e sozinhos uma típica noite de filme de terror. Foi hilário!! Lógico, depois q passou o susto. Hahahaha... Mas acho que desse dia em diante que a aproximação começou a rolar.

Tudo parece muito natural, até mesmo pueril. Talvez seja imaginação da minha cabeça, estou vendo coisa onde não tem. Mas eu sinto que há algo, que há um carinho. E até mesmo parece que há pessoas em volta que estão querendo dar um empurrãozinho, jogam indiretas que precisa arranjar uma namorada e talz, e eu fico sem graça, dou uma disfarçada.

Mas o motivo que quis postar essa mensagem é que no carro, pensei: "Que desculpa terei agora pra ligar pra ele ou mesmo ir na sua casa?". A princípio não tenho motivos pra isso, a não ser uma preocupação de amiga em querer saber como vão as coisas. Podia ter dormido em sua casa hoje, inclusive sua mãe insistiu que eu ficasse já que eu tava com febre, um pouco mal por causa de uma rinite forte que me pegou, mas sei lá... Depois acho que me arrependi de ter vindo embora, pelo menos eu estaria um pouco perto dele, mas ao mesmo tempo ainda longe.

Ontem eu tb estive na casa dele e também não quis ficar. Ficamos sentados na escada vendo diversas fotos de viagens, festas e etc... Nós dois ali, um do lado do outro, numa cumplicidade, num momento tão simples, mas tão agradável... Na hora de ir embora, beijinho no rosto e abraço; já no carro, falamos mais algumas coisinhas e mandei um beijinho e ele retribui fazendo o mesmo gesto. Talvez pra vc pode soar como algo mais do que normal, até mesmo bestial, mas não sei... Nossa relação está diferente e não é só amizade.

Ele é tão tímido quanto eu, tenho medo de chegar e depois não ser o que eu imaginava. E aí? O que fazer?? Acho que seria muito chato.

Por mim ligaria pra ele já amanhã pra saber como está, mas vai ficar muito na cara né. Mas ao mesmo tempo eu queria que ele percebesse que eu tô gostando dele, que a gente aos poucos se desarmasse e deixasse rolar o que pode ser uma grande oportunidade.

Meus sentimentos estão confusos... Já tô com saudades de vc... Saudades da sua risada, da sua voz, das espinhas no seu rosto, do cabelo despenteado, do seu papo-cabeça... Saudades de vc!!
Postar um comentário