quarta-feira, 9 de junho de 2010

Entre a vida e a morte

Dizem que quando uma alma deixa a Terra, uma nova renasce. Hoje tive duas notícias, uma de vida e outra de morte.

Alegria pelo nascimento da pequena Julia, filha da minha amiga querida Renata, uma super mãe, estilosa, engraçada, figuraça... Rs... A chegada da Julinha era muito esperada, com muita expectativa, pelo menos aqui pela tia Tati. Segundo a mamãe, a titia Tati deu o presente + legal até agora: um body listrado preto & branco (estilo presidiário) com a seguinte frase "Estive presa por 9 meses". Rs...

Pesar por saber do falecimento de um amigo do colégio. Desde aqueles tempos sua saúde já era debilitada, fez mais de um transplante de rim, mas sem grande êxito, reijeição. Com os anos desenvolveu também uma doença cardíaca e, após uma operação, entrou em coma e, enfim, faleceu. Que ele descanse após tantos anos de batalha contra as adversidades, contra seu próprio corpo.

Entre a vida e a morte sempre renasce a esperança!
Postar um comentário